segunda-feira, 13 de abril de 2009

Marias

Uma vez que se sabe o sexo do bebê é hora de começar a pensar em nomes.

Muitas pessoas - e casais - já definiram o nome de suas crianças desde antes da concepção. No nosso caso, optamos por aguardar este momento.

E que decisão é essa que temos que fazer agora e que irá influenciar a vida da nossa filha para sempre? Parece-me tão trivial, e ao mesmo tempo é tão importante, tão fundamental.

Creio, como pai de primeira viagem, que a escolha de um nome deve levar em consideração dois fatores importantes: 1) ser uma opção que nos agrade e 2) ser uma opção que vá agradar a menina.

Sugestões estrambólicas estão fora de cogitação. Nomes estrangeiros também, ela é brasileira. Letras duplicadas para atender a uma suposta numerologia, ou a possíveis equações astrológicas, nunca.

Busca-se um nome simples, nem muito comum, nem muito raro. Que tenha significado, mas cujo significado não seja mais importante que a própria pessoa que vai recebê-lo. Que seja bonito, sonoro e sensível.

Da minha parte, apenas uma sugestão: Maria.

Maria é minha mãe, foi minha avó. Foi a mãe de Cristo, mãe de todos nós. Uma única homenagem, uma homenagem a todas.

Mamãe Paixão terá suas sugestões, guardará consigo justas indicações. Juntos, tomaremos a decisão certa. E assim que definirmos divulgarei aqui!

2 comentários:

  1. pq não um nome composto? minha aflhada é maria alice por exemplo... e ela adoooora o nome dela! :o)

    ResponderExcluir
  2. aaaaaah. nome composto não. :P e nem maria! tem tantooo nome simples e bonito.. quero saber quais são as sugestões da mae! ahaha

    beijos.

    ResponderExcluir