sexta-feira, 26 de junho de 2009

Chupando um Chicabon

Grávidas não têm vida social.

É um exagero, claro, mas à medida que os meses vão passando e a barriga crescendo, fica cada vez mais difícil para a família conseguir se dedicar a outras atividades que não as relacionadas com o futuro bebê.

Em casa, agora, só pensamos no quarto da Maria Alice, nas roupinhas, no chá-de-bebê, no hospital, etc. Quase não temos mais tempo para cuidar de nós mesmos, o que não é legal.

Pensando nisso, fiz uma surpresa pra Mamãe Paixão esta semana: comprei um par de ingressos para assistirmos Vestido de Noiva, peça escrita por Nelson Rodrigues que está em cartaz até o início de julho.

Mamãe Paixão adora Nelson. Já atuou nessa mesma peça quando era atriz, leu quase tudo o que ele escreveu na dramaturgia, tem um DVD com uma compilação de interpretações de textos dele (presente meu!), livros, etc. Eu mesmo também curto bastante.

Além disso, a atual versão no teatro é do Gabriel Villela, diretor que Mamãe Paixão gosta e acompanha já há muitos anos, tendo presenciado muitas das suas peças. Tirando Calígula, que ela não aprovou muito, todas as anteriores foram memoráveis. Eu, infelizmente, e se a memória não me falha, não fui a nada dele ainda.

Nelson Rodrigues era um escritor polêmico para sua época, mas atualíssimo hoje em dia. Seus textos são simples e inteligentes, suas tiradas geniais, o estilo único. Nelson é Nelson. E nesse sábado eu e Mamãe Paixão vamos deixar a miúda Maria Alice um pouquinho incubada no ventre (mas nunca esquecida) e vamos curtir um momento cultural só nós dois, o que há muito não fazemos. Ao teatro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário