sábado, 25 de julho de 2009

35ª Semana

Quase nove meses de gravidez, tá chegando a hora.

Voltei hoje de manhã de uma viagem a João Pessoa, onde palestrei sobre RH e ONGs para estudantes de Administração. Foi legal, gostei. No retorno a Recife, onde pegaria o avião para São Paulo, fiquei oito horas na estrada por causa de um acidente na BR. Tragédia, seis mortes. Eu perdi o vôo e gastei mais dinheiro. Tudo bem, faz parte, o resultado final foi alcançado de qualquer forma: estar de manhã com Mamãe Paixão.

São trinta e cinco semanas de gravidez pela contagem oficial. Para nós, parece mais.

A barriga dela está enorme, de surpreender qualquer um que não a tenha visto recentemente. São 10 quilos a mais de líquido e Maria Alice dentro da mamãe. Sua respiração mais difícil e complicada. Tem que ficar sentada algumas vezes para conseguir respirar melhor, porque deitada incomoda.

Seu ritmo é lento, muito lento. Tudo o que fazia em determinado tempo leva agora pelo menos três vezes mais. Difícil acompanhar, mas fácil de entender.

Sua médica assustou com as contrações que Mamãe Paixão continua tendo, bem como com o tamanho da sua barriga, que endurece de tempos em tempos. Já estamos nos acostumando.

Pequena Maria Alice não está pronta para nascer ainda, tampouco há alguma dilatação a ser observada, segundo a médica. Mas tá parecendo que vem a qualquer momento, não para de se mexer e se fazer sentida por nós dois.

Está chegando a hora, sabemos. Como fazer contagem regressiva para um dia que você desconhece? Pode ser a qualquer momento - e eu não viajo mais até lá, nem por algum tempo depois.

Vamos aguardando, percebendo os sinais, tentando estar preparados para o grande dia. Maria Alice vem aí!

Um comentário:

  1. emoções maravilhosas da chegada do primeiro filho desejado, emoções incomparáveis.... obrigada por compartilhar-las com nós !!!

    beijinho

    fiona de shrek

    ResponderExcluir