segunda-feira, 27 de julho de 2009

Independência

É, a questão da criança estar dentro da barriga da sua mãe é que é esta quem controla tudo, a gente só fica observando.

Mamãe Paixão é extremamente independente e isso me agonia bastante às vezes. Fica trabalhando em casa, quando acordo já lavou a louça, tá lavando roupa, limpa a casa, vai pra rua. Quando sossega, fica entediada. Mas o corpo sente, não dá jeito.

No começo eu não ligava muito, o tempo passou e vou ficando cada vez mais incomodado. Ela ainda trabalha fora, mas isso já tá diminuindo e semana que vem já deve zerar. Ainda dirige, mas vamos vender o carro. Sobe as escadas várias vezes ao dia, mas quero diminuir esse ritmo.

Não recebi a autorização do empregador para ficar 30 dias de férias em casa quando Maria Alice nascer. Insensibilidade e quebra de confiança, pois havia sido avisado em janeiro. Então preciso aproveitar todos os momentos. E aumentá-los até.

Mas o homem só existe para acompanhar a mulher, não tem jeito. Por enquanto é ela, só ela. Minha hora tá chegando!

Nenhum comentário:

Postar um comentário