sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Caos e Amor


Sou pai. O instinto materno não está dentro de mim.

Por isso mesmo, tenho sofrido um pouco com a situação. Sou extremamente inseguro para pegar a Maria Alice no colo e não consigo aprender com simples instruções, preciso de prática e confiança. Tenho levado algumas broncas, mas não é por mal que não sei fazer direito: para os pais, as coisas não vêm naturalmente.

É tudo estranho para mim, tudo diferente. Estou batendo cabeça...

* * *

Muito corrido e complicado o primeiro dia da Maria Alice aqui em casa.

Chegamos do hospital por volta das 14 horas da tarde de ontem. Mamãe Paixão estava cansada e dolorida, mas mesmo assim não parou um segundo de dar atenção à pequena bebê.

Maria Alice dorme muito, como imagino fazem os bebês quando nascem. Acorda a cada duas horas para mamar, e quando está mais tranquila nos dá uma folguinha de três horas. Foi assim durante toda a madrugada.

Fora isso, é um doce. Não fica chorando o tempo todo, não faz birra. Simplesmente dorme, acorda e mama. Mas essa simples dinâmica dela já é suficiente para nos esgotar as energias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário