terça-feira, 11 de agosto de 2009

Influências

É, finalizou o prazo de mais uma pesquisa e eu já estou cá pensando em outra. Faltam menos de duas semanas para o parto (será mesmo? será que vem na hora certa ou Maria Alice vai nos fazer esperar ansiosos?) e nem sei se dará tempo de perguntar a opinião dos amigos em mais algum assunto. Bem, vamos ver.

Inquiri nesta pesquisa sobre a influência da data e hora do nascimento no perfil do bebê. Lembro-me até hoje dos meus registros de nascimento: 22:45 do dia 13 de setembro de 2009.

22:45? Como é possível saber que era exatamente 22:45?

Com base na hora e data de nascimento são feitos mapas astrológicos, se determina o perfil e personalidade do indivíduo. Definimos o signo ascendente, fazemos mapas astrais, pensamos na Lua e no que mais for que exista por aí.

Na pesquisa do blog, o resultado foi inconclusivo: metade acha que influencia, metade acha que não. Poucos não tinham opinião. Fico com a metade que pensa que a hora e data de nascimento não influencia na personalidade do bebê.

Nesse assunto tendo a ser um pouco behavorista, mais comportamental que metafísico. Acredito na influência do ambiente, da família, da sociedade, todos dividindo suas respectivas parcelas de responsabilidade na formação do caráter da criança e futuro adulto. Adiciono a isso uma poção de características genéticas que herdamos dos nossos pais e voilá, eis quem somos.

Não sei, não creio haver também resposta definitiva para isso. Não sei como será Maria Alice quando crescer. Espero que seja feliz, com quaisquer características pessoais que vier a ter. Espero que respeite os outros e conviva bem em sociedade. Isso eu posso tentar ensinar. Para isso a família serve, creio eu. Sucesso? Só saberei muitos anos para frente. Deixa vir a adolescência primeiro, ai!

Um comentário:

  1. Algumas semanas atrás, encontrei um amigo num bar, e perguntei sobre sua filha. Ele, todo orgulhoso, disse que ela "está uma moça, com quase 12 anos". Olhei pra cara dele, e não consegui deixar de soltar: "Está virando Whisky!"

    Lendo seu comentário sobre a adolescência de Maria Alice, imaginei o mesmo diálogo, daqui a uns anos...

    ResponderExcluir