domingo, 1 de novembro de 2009

Piscinão


Aproveitamos o feriado para dar um pulinho à chácara de Vovô e Vovó Vergueiro em Guararema, cidade próxima a São Paulo.

Maria Alice não se comportou bem, chorou muito e deu um trabalhão pra gente. Mas é compreensível, estava em um ambiente desconhecido e o clima também não ajudou, foi talvez o dia mais quente da vida dela.

O objetivo da viagem era mudar um pouco a rotina. Quando a criança é nova e frágil nossa tendência é ficar um bom tempo em casa, diminuir a vida social e fazer fora apenas o essencial. Essa situação nos protege de acontecimentos inesperados - Maria Alice chorar sem parar, por exemplo - mas também gera tédio: ninguém aguenta ficar na mesma rotina para sempre.

Então partimos, e o resultado final foi muito bom. Eu consegui escrever boa parte do trabalho que tinha que fazer e Mamãe Paixão pegou sol e piscina. Ela adora água, sempre adorou, e o dia estava para peixe.

* * *

Sábado, antes da viagem, levamos Maria Alice no Centro Imunológico do Hospital Santa Joana para suas primeiras vacinas particulares.

Duas injeções nas pernas. Doeu muito, em mim e nela. Depois das injeções a abraçei com força até acalmá-la. Os bebês, nessas horas, dormem.

Não me lembro direito quais foram as três vacinas, Mamãe Paixão sabe melhor que eu. Uma era penta alguma coisa, outra teta e acho que a última era rotavírus. Ou posso ter misturado tudo.

Só sei que a tungada foi de 500 reais. E ainda há mais duas doses de cada uma delas, ai. Mas a nossa tranquilidade não tem preço.

* * *

Na foto acima, eu e Maria Alice no lançamento do mais recente livro de Vovô Vergueiro: Quadrinhos na Educação - Da Rejeição à Prática, da editora Contexto, que fomos prestigiar duas semanas atrás na HQ Mix Livraria.

Um comentário:

  1. Magiiiiina que você é filho do seu pai! hahahaha. =P

    Belo tema de livro, jP! Seu pai fez biblio, né?
    =*

    ResponderExcluir