sábado, 5 de dezembro de 2009

Deus



Hoje foi um sábado complicado com a Maria Alice.

Já são 110 dias de vida e ela continua dando muito trabalho. Chora, grita, se esgoela e não pára de chorar. Não gosta de ficar parada, pede atenção o tempo todo, usa o peito como chupeta - e não pega a chupeta, faz escândalo praticamente desde a hora que acorda até ir dormir.

Filhota, como você é difícil!!

Hoje também entendi um pouquinho mais o sofrimento das mulheres. Recentemente vi uma matéria no Jornal Hoje, da TV Globo, sobre depressão pós-parto. Mamãe Paixão não teve, mas as condições estavam postas: Maria Alice dá tanto trabalho, que às vezes a gente simplesmente não sabe o que fazer com ela e como fazer para ela mudar. E hoje, por causa disso, ficamos um pouquinho tristes.

Nessas horas não tem mesmo o que fazer, só esperar passar logo essa fase. E rezar.

3 comentários:

  1. vocês já tentaram shantalla? banheirinha ofurô (aqueles baldezinhos para bebês)? bebê colinho? Para o Deco ajudava... Mas eu não amamentava livre demanda... era no mínimo a cada 3 horas. Nada de antes... Demorei para descobrir o que realmente fazia ele chorar. 90% das vezes era arroto engasgado. Vida difícil de bebê. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Pois é, tentei convencer Mamãe Paixão a impor um ritmo a ela, mas não consegui não, rsrsrs. Tudo bem, faz parte! Vida difícil a deles mesmo! Beijão

    ResponderExcluir
  3. TAL VEZ MAMÃE PAIXÃO DEVERIA TOMAR MALTZBIER, CALDO DE FEIJÃO, CALDO DE CANA, SUCO DE MAMÃO, OU SEJA, MAIS LÍQUIDOS "CONSISTENTES"... a demanda da Maria Alice é maior cada dia e a oferta não pode continuar a mesma.

    ResponderExcluir