sábado, 20 de março de 2010

Inalador


Noite de sexta-feira, Maria Alice com muita tosse para dormir, e lá vou eu ao supermercado comprar um inalador para ela.

Por um bom período a partir de agora, talvez por alguns anos (foi o que disseram, não me lembro quem), esse será um equipamento que ela terá sempre a disposição para usar. Está sofrendo com resfriado e congestão nasal? Inalador particular, para melhorar a respiração.

Creio que quando eu era pequeno não existia nada disso. Também tenho problemas respiratórios, inspiro ar pela boca até hoje (sim, filhota, Papai sofre com isso e quer mudar, mas já acha que não há mais tempo para aprender a puxar ar pelo nariz), e lembro que cheguei a usar de um equipamento feito em casa para melhorar a respiração. Não era um inalador, mas um sistema de duas garrafas de vidro com água, presas em um conjunto de madeira feito pelo meu pai, onde eu soprava por um tubo em uma delas, que eram interligadas. E sei lá o que acontecia... minha memória não é das melhores, um dia ainda pergunto a Vovó Vergueiro sobre aquilo.

Bem, está em casa o inalador. Não deu muito certo ontem de noite, achamos até que o aparelho está com defeito, produziu ar por algum tempo e depois parou, ainda que continuasse ligado. Resolvendo esse problema, estará a disposição para ajudar a Maria Alice a ter noites de sono mais agradáveis e tranquilas. Do jeito que realmente merece minha maravilhosa filha!

2 comentários:

  1. filhinha de peixe.... (maravilhosa Maria Alice)

    ResponderExcluir
  2. que cara de pai que vc ta nessa foto!!!

    ResponderExcluir