quarta-feira, 19 de maio de 2010

Papá


Eu bem que gostaria, mas não tenho a pretensão de comemorar que Maria Alice disse seu primeiro papá. É cedo ainda, e mesmo tendo completado ontem nove meses de vida desde o seu nascimento, não creio que seja possível para ela formar e expressar conscientemente qualquer palavra em língua portuguesa (ainda que a filhota faça sons o dia todo para chamar nossa atenção, pedir algo e reclamar - e como ela reclama!).

Mas esse é meu lado racional escrevendo.

E eu ouvi, eu juro que ouvi um papá! Não é engano de um pai ansioso pelo desenvolvimento de sua filha que acha que ela consegue fazr tudo em pouco tempo, eu realmente ouvi alguma coisa.

Pode ter sido um babá, ou um cacá, ou tatá, mas Mamãe Paixão estava por perto e não me deixa mentir sozinho: Maria Alice falou papá!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário