domingo, 25 de julho de 2010

Batizada!


Os leitores e leitoras frequentes do blog vão se lembrar que dois meses atrás informei que não seria possível batizar Maria Alice antes do primeiro aniversário da filhota (e consequentemente não entraria no livro a ser publicado no final do ano).

Pois bem, eu estava errado.

Na verdade, eu queria combinar o batizado dela com a presença da sua madrinha em São Paulo, pois minha irmã - a madrinha convidada - e seu esposo - padrinho - moram em Londres. Por algum motivo, eu achava que só viriam em agosto, mas vieram em julho, e com isso foi possível adiantar a cerimônia.

Diferente de outros momentos, como o chá-de-bebê, dessa vez optei por fazer um evento bem familiar,  contando com a presença apenas dos meus pais e primos, além de duas amigas, e não divulguei antecipadamente que iríamos batiza-la. Na verdade, também não estou com muito tempo em virtude das inúmeras atividades em que estou envolvido. Daí ser mais reservado, apesar da vontade de convidar todos os amigos católicos.

Assim, nesse 25 de julho de 2010, aos 11 meses e 7 dias de vida, em cerimônia celebrada por Frei Benjamín Díaz, OAR, Maria Alice celebrou seu primeiro sacramento da Igreja Católica, o mesmo que Cristo realizou com João Batista, e que marca o ingresso da pessoa na religião.

Como pai e católico, minha parte está feita. O futuro da minha filha na religião, a partir de agora, não dependerá exclusivamente da minha vontade, mas também do que ela quiser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário