sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Traquinagens



Dois acontecimentos nesse último final-de-semana chamaram minha atenção para uma característica de Maria Alice: ela adora um show.

Sábado, em uma praça de alimentação no Rio de Janeiro, irritada de ficar no colo, ela saiu andando pelos corredores com Mamãe Paixão e por onde passava ia distribuindo beijinhos, com uma das mãos se apoiando em sua mãe e a outra fazendo o movimento de ir e vir em direção à boca, como uma artista que envia beijos para seus fãs.

Já domingo, em uma comemoração caseira antecipada do seu primeiro aniversário realizada na casa dos avôs Vergueiro, cena ainda mais curiosa: percebendo que todos tinham achado engraçada sua careta ao não gostar do bolo de creme, ela simplesmente passou a fazer caretas só para receber mais risadas e gracejos. De propósito!

Tendo em vista minha curta experiência como pai, e sabendo que tudo é um aprendizado, ainda assim não consigo deixar de ficar maravilhado com a capacidade dos  bebês de, desde cedo, manifestarem forte personalidade e capacidade de compreensão do que está à sua volta.

E no caso específico de Maria Alice, ela é tão arteira e gosta tanto de chamar a atenção que até parece que é baiana: não nasceu, estreou.

2 comentários:

  1. Vai dar trabalho essa menina! rs

    ResponderExcluir
  2. VC DISSE QUE IA PARAR DE ESCREVER ESTE BLOG QUANDO ELA FIZESSE 1 ANO.

    POR FAVOR, NÃO FAÇA ISSO!
    LE-LO É UM DOS MOMENTOS MAIS AGRADÁVEIS DE CADA UM DE MEUS DIAS.

    BEIJO

    ResponderExcluir