quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Reunião de Pais


Finalmente uma quebra na rotina de pai: reunião na "escolhinha" da Maria Alice!

A ansiedade era grande, a frustração foi do mesmo tamanho: em poucos minutos já queria ir embora. Que coisa chata!

Esperava ouvir as novidades do berçário, as ações para o ano, motivos que me deixassem empolgado para acreditar que a opção por eles estava correta. Na prática, acabei saindo com a impressão de que há muita confusão, amadorismo e inexperiência gerencial.

Perdeu-se muito tempo com explicações simples, que levavam as mães e pais a fazer longos comentários, em geral mais preocupados com o caso específicos do seu filho do que com a estrutura e os serviços proporcionados a todos. Um pai chegou inclusive a pedir orientações sobre como cuidar da alimentação da filha em casa!

Bem, talvez seja só eu que não tenha paciência para questões que considero triviais. Talvez, quando Maria Alice crescer, estarei mais preocupado com o que a escola ensinará a ela do que os motivos de uma nota ruim ou de ela não gostar de um ou outro professor. Ou talvez apenas não tenha mais paciência para ir reuniões de pais...

*   *   *

Na foto, última homenagem ao Alexandre, primo de Mamãe Paixão recém-falecido. Essa era a foto para ter entrado na primeira postagem, mas eu não a havia visto no meio das outras.

Um comentário:

  1. Olá Papai Vergueiro :)
    Até agora na escolinha do Davi as reuniões foram individuais e gostei muito.
    Imagino quão chata deve ter sido esta reunião...também não teria paciência.

    Abraços.

    ResponderExcluir