sexta-feira, 15 de julho de 2011

Em treinamento


Aos poucos, vamos preparando Maria Alice para a chegada de um pequeno "concorrente".

Com a barriga de Mamãe Paixão grande, mesmo ainda em apenas quatro meses de gestação, ela já consegue perceber que tem algo de "diferente" no ar e faz carinho onde está a criança (às vezes dá uns tapas também, mas aí brigamos com ela). Quando perguntada quem é o irmãozinho ou irmãzinha, ela responde: "neném". E onde ele vai dormir? Ela aponta o berço.

Diz a lenda que quando meu irmão nasceu eu ia bater nele no berço, de ciúmes. Se considerar que eu estava com pouco mais de um ano quando isso aconteceu, não me parece totalmente crível (mas compensei brigando muito com ele durante toda a infância). Mesmo assim, por via das dúvidas, não vou tirar os olhos das duas crianças quando estiverem juntas, até porque acho mesmo natural que Maria Alice sofra um pouco no início.

O maior problema para ela vai ser, sem dúvida, perder a exclusividade da mãe. Quando isso acontece, a vida nunca mais é a mesma!

3 comentários:

  1. É bom ficar atento mesmo.

    Sabe que quando meu irmão nasceu (nossa diferença é de 5 anos) eu fiquei com muuuuitos ciúmes e quando minha mãe distraia, eu ia até o carrinho (aqueles de passeio, que não tem "teto", sabe?) E tombava para ver ele escorregando de cabeça. Mas não levava adiante não. Quando a cabecinha apontava perto do fim do encosto eu voltava com o carrinho no lugar. E ele, com seus 10 meses dava gargalhadas, rs.

    Bjs,

    ResponderExcluir
  2. Então, colega...vamos ver se com esse novo bebê, vcs decidam usar fraldas de pano! Apesar da água gasta na hora das lavagens, gasta-se mto mais para a fabricação de fraldas descartáveis...e são tão fáceis de lavar! Pesquise sobre as fraldas de pano modernas e verás que são práticas, fáceis, confortáveis e lindas! Quando meu filho começou a dar os primeiros passos, elas amorteciam o bumbum dele no chão rs Eu já até perdi nojo...e para quem não sabe as descartáveis são tão nojentas quanto...causam assaduras nos bebês, por isso usamos kilos de pomadas e o cocô que fica na descartável deve ir para o vaso sanitário assim como as das fraldas de pano...infelizmente, as pessoas não tem esse tipo de consciência e acaba por enrolar a fraldinha cheia de cocô e mandando para os lixões, onde ela vai produzir gases tóxicos, quando na verdade o lugar daquele cocô é o esgoto! Boa sorte!

    ResponderExcluir
  3. Olá, encontrei seu blog passeando pelo mundo dos blogs e adorei. Fico feliz em ver um papai escrevendo.
    A Maria Alice é uma linda e eu vou torcer pelos 30% para ser um menininho o próximo, assim fica um casalzinho, né? Mas tenho certeza que ou menino ou menina será muito amado!
    Vou te acompanhar....

    ResponderExcluir