sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Ela não!


De todos os bebês, um não poderá participar da atividade que a Mamãe Paixão fará no dia 26, pelo Música Materna: a Maria Alice!

Maria Alice, com 2 anos, não larga ainda a barra da saia da mãe. Como implica essa guria! Mamãe não pode fazer nada que a filhota não venha atrás correndo, e queira, ou atrapalhá-la, ou fazer igual.

Isso vale para o computador, ver TV, lavar louça, varrer a casa, estender a roupa, etc.

O trabalho do papai, portanto, é distrair a pequena, fazê-la seguir para outras atividades, outras brincadeiras, e dar uma folga na sua mãe grávida de oito meses.

Passei a dar banho nela quase todas as noites, a ficar com ela na cama brincando, a levá-la para passear, e por aí em diante. O efeito é limitado, é claro, mas pelo menos alivia um pouquinho o "fardo" da Mamãe Paixão.

Pobre Mamãe!

4 comentários:

  1. Oi João!!!
    Quanto tempo que eu não vinha aqui..rs*
    Hummm...fase de implicância com a mãe será que é por causa do novo bebê?!
    É faz parte carregar um fardinho de vez em quando...mas logo essa fase passa né?!
    Vou aproveitar e desejar uma linda semaninha para vcs!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. O gostoso é que pai e filha acabam ficando mais unidos.

    Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Oi João,
    Que bom que vc curtiu o nosso Blog!
    Passei pro essa fase grude, é uma maravilha enlouquecedora! RSRSRS...
    Beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Hahaha Eu tenho uma dupla super grude aqui em casa, pensei que fosse só comigo. rsrsrs
    Ainda bem que quando o pai está junto eles dividem bem as atenções, não ficam tão grudadinhos na mamãe.
    Mas quer saber? É fase, passa, e sentiremos muita saudades.
    Abço e bom fim de semana,
    Roberta, mãe dos gêmeos Rute e Miguel

    ResponderExcluir