quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Natal no Hospital


O Natal dos Paixão Vergueiro será no hospital, já que Mamãe Paixão só vai ter alta no domingo, ou talvez segunda.

Tudo bem, faz parte, e vai ser até diferente. Nunca passei o Natal longe dos meus pais nesses curtos 31 anos de vida. É curioso, pois sou o único da família, já que o meus três irmãos já realizaram essa façanha antes.

Natal em família não é nada muito fenomenal. Quando criança íamos para Guaratinguetá e no reuníamos com os primos e os tios. Depois, passamos a celebrar aqui em São Paulo mesmo, já que as crianças cresceram e os tios foram falecendo.

Como é o único momento do ano em que estamos todos reunidos em ceia e troca de presentes, eu aprendi a valorizar o Natal pelo que ele realmente representa: união e amor em família. Não ligo para as festividades e para as decorações, nem árvore faço questão de ter, desde que estejamos todos juntos (mas criança é criança, e com certeza ainda vamos fazer uma aqui em casa).

Dessa vez não. Dessa vez estaremos no hospital, junto às outras mães e seus bebês e às enfermeiras. Será que vai ter ceia?

Um comentário:

  1. Vai ser um Natal especial com a chegada da Tata...

    Que seja lindo!

    Bjs

    ResponderExcluir